Rússia agradece posição do Brasil na guerra da Ucrânia

A Rússia “agradece muito a posição do Brasil” na guerra da Ucrânia, segundo Andrei Klimov, da Comissão de Cooperação Internacional do Conselho da Federação.

Recorde-se que o Governo de Jair Bolsonaro preferiu optar pela neutralidade no que diz respeito ao conflito entre a Rússia e a Ucrânia, de maneira a manter o fluxo comercial com os dois países. Apesar de ter votado contra a invasão na Organização das Nações Unidas (ONU), não apoiou as sanções, tendo mantido assim uma certa ambiguidade .

“O que o vosso Governo fez foi muito razoável. Foi o que fizeram países sábios, como a China e a Índia. Os países que não se unem às sanções [lideradas pelos Estados Unidos da América e pela União Europeia para punir Moscovo] têm vantagens económicas”, cita a “Folhapress”.

Klimov, uma influente voz em política externa no partido de sustentação do Governo de Vladimir Putin, o Rússia Unida, fez as declarações perante jornalistas brasileiros nesta quinta, 25 de agosto.

“Hoje o chinês compra gás russo por um preço 20 vezes menor do que o alemão. Enquanto um destrói a sua economia, o outro levanta a dele”, concluiu.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Angola: Acidentes de viação são segunda causa de morte do país

Angola: Acidentes de viação são segunda causa de morte do país

A Vice-Presidente de Angola, Esperança da Costa, partilhou a sua surpresa no que diz respeito à existência de um grande número…
Moçambique recebe mais USD 59 milhões do FMI para OE

Moçambique recebe mais USD 59 milhões do FMI para OE

O Fundo Monetário Internacional (FMI) concluiu a primeira avaliação do programa de financiamento de três anos ao Orçamento do Estado…
Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

O Fundo Monetário Internacional (FMI) estima um crescimento considerável do crédito à economia em 2023 para Moçambique.  Se isso se…
Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

O Governo angolano assegurou nesta quinta-feira, 24 de novembro, que vai entregar a proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE)…