Alto Conselho de Cabinda diz que crise interna pertence ao passado

O Alto Conselho de Cabinda (ACC) reconheceu que uma “crise institucional” estava a “corroer” a sua estrutura organizativa, porém é uma situação que “já pertence ao passado”, garantiu o coordenador da comissão para questões políticas, organização e porta-voz do ACC, Afonso Justino Waco, num comunicado.

Devido à crise interna o ACC procedeu a uma imediata a revisão dos seus estatutos, “refazendo a sua Estrutura orgânica”, em que um Conselho de Direcção, composto de nove membros, passou a assumir colegialmente as competências de dirigir o Alto Conselho de Cabinda, estando ainda a organização empenhada a reestruturar os seus órgãos locais e a consolidar o seu novo modelo de governação, refere o mesmo documento.

Segundo Afonso Justino Waco, apesar dos “abalos provocados pela já ultrapassada crise”, os parceiros Internacionais do ACC não alteraram o compromisso e prosseguem no seu apoio à organização.

Através do comunicado o ACC precisa que “a única voz autorizada para difundir a informação e opinião oficiais do Conselho de Direcção” é porta-voz, Afonso Justino Waco, que reafirma a disposição do ACC de “trabalhar com todas as organizações políticas e associações cívicas de Cabinda”para uma busca conjunta de “uma solução pacífica ao diferendo que nos opõe com o governo de Angola”, refere o comunicado do Alto Conselho de Cabinda (ACC).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola: Angolanos fugidos da Ucrânia podem chegar este mês

Angola: Angolanos fugidos da Ucrânia podem chegar este mês

O Governo angolano está a analisar a possibilidade de fretar um avião com o objetivo de trazer para Luanda os angolanos…
Timor-Leste: Governo diz-se solidário com povo ucraniano

Timor-Leste: Governo diz-se solidário com povo ucraniano

O primeiro-ministro timorense, Taur Matan Ruak, manifestou a solidariedade do seu Governo para com o povo ucraniano, que continua a…
Revista de Imprensa Lusófona de 03 de março de 2022

Revista de Imprensa Lusófona de 03 de março de 2022

O “Jornal de Angola” noticia “Angolanos que fogem da Ucrânia podem chegar a Luanda este mês”. Segundo a “Angop”, os…
Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

As negociações entre a Ucrânia e a Rússia foram adiadas para esta quinta-feira, 03 de março.  A delegação ucraniana está…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin