Cabinda

Cabinda: Movimento Independentista denuncia actos intimidatórios contra o seu advogado

O Movimento Independentista de Cabinda (MIC) denunciou que na madrugada de quarta-feira, 25 de Março, por volta das 2h da manhã, um grupo de “meliantes mais uma vez, tentaram invadir e assaltar a residência do advogado do MIC, Mananga Padi”.

“É de salientar que estas tentativas e assaltos estão sendo constantes e intimidatórias para o advogado, pois sempre acontece aquando é feita uma denúncia sobre as irregularidades constatadas no Processo MIC em que o advogado em questão é o mandatário”, precisou a organização.

A 14 de Janeiro o advogado do MIC, Mananga Padi, foi vítima de um assalto no seu escritório. Na ocasião foram roubados cinco computadores e dossiers de processos em curso, entre os quais dos oito militantes do MIC (Filipe Macaia, Alberto Puna, Pedro Conde, Armando Gime, Francisco Muanda, Ruben Domingos, Joaquim Betty e Alberto Kibinda) que permanecem detidos desde 10 de Dezembro de 2019 na Cadeia Civil de Cabinda.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo