Cabinda

Quatro movimentos políticos de Cabinda não participam na reunião de Acra devido à “falta da transparência”

Alegando a “falta da transparência e programa sério dos organizadores” da Reunião Magna, a ter lugar em Acra, capital do Gana, quatro movimentos políticos de Movimentos políticos do interior, MRPCS (Movimento de Reunificação do Povo de Cabinda para a sua Soberania), UCI (União dos Cabindeses para Independência), MDC (Movimento Democrático de Cabinda) e UPAIC (União Pan-Africana para a Independência de Cabinda), declinaram o convite enviado pelo presidente da Organisation for African Development (OAD), Bonaventure C. Aguissi, para participarem num encontro da iniciativa de Afonso Justino Waco que prevê a formação de uma Plataforma que pretende reunir todas as sensibilidades e tendências políticas cabindesas.

Segundo a carta conjunta, os movimentos políticos cabindas sublinham que “declinam toda responsabilidade aos organizadores sobre eventual descarrilamento da perspectiva da liberdade do povo de Cabinda, que só o diálogo transparente engajado com todas organizações políticas que lutam pela libertação de Cabinda e com agenda e flexibilidade do Governo de Angola sob supervisão dos observadores internacionais deveria definir o futuro do povo de Cabinda”.

No mesmo documento referem que a reunião Magna em Gana (Acra) foi “convocada por alguns supostos autores políticos do interior e exterior, sem identificação das suas convicções e organizações políticas, programas concisos, e sem prévios contactos com as direcções dos Movimentos políticos do interior e esclarecimento ao povo de que se pretende, pela sua resistência na preservação dos ideais, aspirações seculares e hereditárias inadiáveis, são submetidos a raptos, assassinatos, tratamentos cruéis, prisões, detenções arbitrárias e condenações injustas”.

A Reunião Magna em Acra, conta com o apoio da Organisation for African Development (OAD), e terá lugar de 21 a 25 de Outubro no Kofi Annan Peacekeeping Centre (KAIPC) na capital do Gana.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo