[Vídeo] Cabinda: Guerrilha convida Fernando Garcia Miala a relançar processo de paz nas suas bases

A guerrilha independentista cabindesa propôs ao general Fernando Garcia Miala a chefiar uma delegação para “relançar o processo de paz” entre Angola e a FLEC-FAC nas bases do movimento em Cabinda.

Através de um comunicado gravado e lido pelo Chefe de Estado-Maior Adjunto das Forças Armadas de Cabinda (FAC), General Zacharia Bràs Soni Mwaniem, a Frente de Libertação do Estado de Cabinda (FLEC) precisa que as FAC “têm um grande respeito pelo general Fernando Garcia Miala porque ele falava com responsabilidade, respeito e sem tabu com o falecido presidente Nzita Henriques Tiago, fundador das FAC”.

No comunicado a FLEC-FAC propõe ao Presidente de Angola João Lourenço e ao Governo angolano o “início de um diálogo directo e franco para a busca de uma solução pacífica para pôr fim ao conflito em Cabinda”. Segundo Zacharia Bràs Soni Mwaniem a FLEC-FAC está disponível para iniciar negociações “sérias e directas” com Angola, “sem qualquer intermediário ou interferência de supostas mediações de organizações e grupúsculos descredibilizados em Cabinda e no mundo”.

“Como manifesto da disponibilidade para negociar a Paz em Cabinda, a FLEC-FAC solicita ao Presidente de Angola João Lourenço e ao Governo angolano para procederem à libertação imediata e incondicional de todos activistas e todos os cidadãos de Cabinda detidos por manifestarem os seus ideais políticos e acreditarem na liberdade de expressão”, refere ainda o comunicado lido pelo General Zacharia Bràs Soni Mwaniem, Chefe de Estado-Maior Adjunto das FAC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Reino Unido continua a fornecer mísseis antitanque à Ucrânia

Reino Unido continua a fornecer mísseis antitanque à Ucrânia

O Governo do Reino Unido confirmou nesta quarta-feira, 09 de março, que irá continuar a fornecer mísseis antitanque à Ucrânia. Trata-se…
BRASIL: Brasileiros deixam a Ucrânia enquanto o país discute situação agroalimentar

BRASIL: Brasileiros deixam a Ucrânia enquanto o país discute situação agroalimentar

O governo brasileiro informou que a Embaixada do Brasil em Kiev “permanece aberta e dedicada, com prioridade, desde o agravamento…
Guiné-Bissau: Ninguém sabe qual dos 8 vice-presidentes pode substituir o presidente do PRS

Guiné-Bissau: Ninguém sabe qual dos 8 vice-presidentes pode substituir o presidente do PRS

A directiva assinada pelo presidente do Partido da Renovação Social (PRS), Alberto Nambeia, de 17 de Janeiro, mas conhecida só…
Moçambique: Ataques Macabros em Macomia

Moçambique: Ataques Macabros em Macomia

Terroristas atacaram numa emboscada no Domingo passado 06 de Março um grupo de milicianos denominado por força local da aldeia…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin