Cabo Verde: 52% de abstenção nas eleições presidenciais

 Na eleição para a Presidência da República, Cabo Verde com 1.286 mesas de votos a nível global, correspondente a 99.4% dos votos, teve uma taxa de abstenção de 52%, 206.040 indivíduos que não foram votar. 

Segundo o presidente da missão de observadores da União Africana, Ismael Martins, entrevistado pa Inforpress, afirma que o processo eleitoral em Cabo Verde, foi “positivo ”, enfatizando o civismo dos cabo-verdianos à volta destas eleições presidenciais.

 No entanto, diz que o “elevado número de abstenção”,  é um elemento que precisa ser trabalhado no sentido de fazer as pessoas participarem e acreditarem mais nesta necessidade e importância do voto.

É de referir ainda que teve 0.9% de votos nulos, 1.644 e 2.2% (4.265) de votos em branco, e num total de 396.365 inscritos, votaram 190.325 pessoas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin