Cabo Verde: “9 % da população de Cabo Verde encontra-se em situação de crise alimentar”, afirma Ulisses Correia e Silva

A afirmação foi feita esta manhã, 20 de junho, pelo Primeiro-Ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, durante uma comunicação ao país sobre a declaração de situação de emergência social e económica derivada dos impactos da Guerra na Ucrânia.

Segundo o Primeiro-Ministro, a guerra na Ucrânia está a impor ao mundo um choque humanitário, económico e social dramático.

“Cabo Verde depende da importação da maior parte dos bens alimentares que consome. A escalada de preços internacionais desses produtos, provocada pela guerra na Ucrânia, afeta fortemente o consumo e a segurança alimentar e nutricional da população”, afirma Ulisses Correia e Silva.

“Isto explica o facto de 9% da população cabo-verdiana se encontrar atualmente em situação de crise alimentar, quando, em 2020, era apenas 2%”, considera o Primeiro-Ministro.

É de referir que para além dos impactos sobre os alimentos, a guerra na Ucrânia fez também disparar os preços dos combustíveis.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

NASA vai medir emissões de calor nos polos no planeta Terra

NASA vai medir emissões de calor nos polos no planeta Terra

A missão PREFIRE (Polar Radiant Energy in the Far-InfraRed Experiment), iniciada recentemente pela NASA, a agência espacial dos Estados Unidos…
Angola: PRS aumenta interação em Benguela

Angola: PRS aumenta interação em Benguela

O Partido de Renovação Social (PRS) iniciou recentemente um conjunto de ações de constatação e interação com os secretariados municipais,…
Goa: Ministro-chefe garante que Estado está preparado para as monções

Goa: Ministro-chefe garante que Estado está preparado para as monções

O Ministro-chefe de Goa, Pramod Sawant, afirmou, esta semana, que o estado costeiro está preparado para enfrentar a próxima temporada…
Moçambique: Mega-projetos causam prejuízo de 24.7 mil milhões de meticais

Moçambique: Mega-projetos causam prejuízo de 24.7 mil milhões de meticais

Os Projetos de Grande Dimensão e as Concessões Empresariais, geralmente conhecidos como “mega-projetos”, registaram em 2023 um prejuízo de 24.755,45…