Cabo Verde apoiado por Espanha com 600 mil euros

A Espanha vai reintegrar o Grupo de Apoio Orçamental (GAO) de Cabo Verde com um financiamento de 600 mil euros para os próximos três anos, avança a “Lusa”. O dinheiro será aplicado em projetos da economia azul, segundo um acordo assinado na Praia.

O documento foi rubricado pela secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e Cooperação de Cabo Verde, Miryan Vieira, e pela secretária de Estado da Cooperação Internacional do Reino da Espanha, Pilar Cancela Rodriguez.

Trata-se de um acordo em vigor de 2022 a 2024, sendo os 600 mil euros distribuídos através de desembolsos anuais de 200 mil euros. “Será basicamente para fomentar ações no quadro da economia azul”, explicou Miryan Vieira.

Segundo Pilar Cancela Rodriguez, é “normal” a reintegração do Reino de Espanha no GAO. A cooperação internacional não tem a ver com troca, mas sim com solidariedade e empatia, sublinhou, sendo esses “valores universais, em complemento com os objetivos da agenda 2030”.

O GAO foi criado em 2005 e é atualmente liderado pelo Banco Mundial. Este grupo integra também a União Europeia e o Banco Africano de Desenvolvimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin