Ásia | Cabo Verde

Cabo Verde assina protocolo com a China no valor de cinco milhões de euros

Jorge Carlos Fonseca

Cabo Verde assinou com a China um protocolo no valor de cinco milhões de euros para concessão gratuita da assistência militar. As rúbricas foram feitas nesta quarta-feira, 11 de março. 

Com base nesse documento, o ministro cabo-verdiano da Defesa, Luís Filipe Tavares, informou que as Forças Armadas irão ter novos equipamentos de mobilidade, com reforço dos meios de transporte terrestres, nas três regiões militares. “Meios militares pesados”, acrescentou.

“Vamos ter também um sistema de radiocomunicações moderno nas três regiões militares – é a primeira vez que isso está a acontecer nas nossas Forças Armadas – e vamos continuar a fazer formação, a treinar os nossos militares. Estes cinco milhões de euros representam algo de muito importante para a nossa instituição castrense. Estamos a num momento de viragem nas forças armadas”, avançou. 

Por sua vez, o embaixador da República Popular da China em Cabo Verde, Du Xiaoconggarantiu que os equipamentos vão ser entregues brevemente ao Governo. O diplomata esclareceu também que o protocolo concretiza o consenso acordado pelo primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, e o Presidente da China, na cimeira de Pequim, no âmbito da cooperação China-África, de 2018. 

“Os materiais de assistência vão ser entregues à parte cabo-verdiana, para execução, em breve”salientou.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo