Cabo Verde: Banco Mundial doa 5 milhões de dólares para combate ao coronavírus

Banco Mundial

O ministro da Saúde de Cabo Verde, Arlindo do Rosário, informou que o Banco Mundial decidiu doar cinco milhões de dólares (4.615.420 euros) ao país para que este consiga combater o surto do novo coronavírus (Covid-19).

O governante acrescentou em conferência de imprensa, realizada na Praia, que as verbas vão ser encaminhadas para a aquisição de “equipamentos, materiais e reforço da comunicação”.

Ainda de acordo com Arlindo do Rosário, o dinheiro será aplicado em “todas as vertentes” para “encarar a situação” em termos materiais e humanos.

O Governo cabo-verdiano vai criar também um seguro para os profissionais de saúde que estão a trabalhar no combate à pandemia, que tem origem na cidade de Wuhan, na China.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Maláui: Brigada Anticorrupção manda prender oito funcionários da Migração por suspeita de corrupção 

Oito funcionários do Departamento da Migração de Lilongue e mais dois civis foram, esta quinta-feira (11), detidos por suspeita de…
Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

Portugal: Aposta na inovação no setor agroindustrial marcou celebração de 15 anos da InovCluster em Castelo Branco

A InovCluster – Associação do Cluster Agroindustrial do Centro, uma das mais destacadas instituições no setor, localizada em Castelo Branco,…
Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

Guiné-Bissau: Nabiam acusa Sissoco de pretender eliminar líderes políticos guineenses

O antigo Primeiro-ministro e líder da APU-PDGB, Nuno Gomes Nabiam, acusou, esta quinta-feira, 11 de Julho, o Presidente da República…
Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Moçambique: Actividade Económica continuou fechada na vila de Macomia enquanto FADM justifica a razão da morte de um comerciante local 

Na terça-feira (9) a vila de Macomia, centro de Cabo Delgado, ficou agitada na sequência de uma manifestação da população…