Cabo Verde: Câmara da Praia acusa primeiro-ministro de se juntar à “concertação para atacar” autarquia da capital e de “mentir ao país”

A Câmara Municipal da Praia veiculou uma nota à imprensa em que afirma que o primeiro-ministro “mentiu ao país quando disse aos jornalistas que não sabia onde estava o presidente da Câmara Municipal da Praia, por este não tê-lo acompanhado numa missão oficial, e escreveu definitivamente o seu nome na lista da concertação para atacar a Câmara Municipal da Praia e o seu presidente”.

Pode-se ler na nota ainda que “o MpD e os seus principais dirigentes não conseguiram digerir a derrota sofrida na maior Câmara do país”, pois esta era “sua galinha de ovos de ouro durante 12 longos anos, com negociatas e contratos favorecendo empresários amigos, com transferência de bens públicos para enriquecimento ilícito de amigos e famílias próximas do movimento”.

A Câmara acusa “o primeiro-ministro de mentir ao país apenas para atingir um presidente de Câmara Municipal que não lhe é afeto e que o incomoda só porque é de partido diferente e isso não é aceitável”.

A Câmara da Praia protestou com “frontalidade contra-ataques de Ulisses Correia e Silva e avisa que não irá permitir que o MpD continue a distrair os cidadãos com “fait divers” quando o desafio do desenvolvimento e o momento que o País vive da demanda das entidades públicas “responsabilidade, engajamento, parceria e verdade”.

Na mesma nota são apontados alguns factos que provam o porquê do presidente da Câmara Municipal da Praia não estar em alguns eventos em que foi requerida a sua presença. “Todo mundo sabe que factos são factos e que contra factos não há argumentos. O primeiro-ministro sabia, sim, o porquê de o presidente da Câmara Municipal da Praia não participou da visita”, grifou a mesma fonte.

É de relembrar que o presidente da Câmara Municipal da Praia, Francisco Carvalho, expôs que o Presidente da República é parte da “concertação para atacar a Câmara da Praia”, após um encontro com trabalhadores da área do saneamento da ilha de Santiago.

One Comment

  1. Arcangela Cardoso

    Isso nao me surpreende absolutamente nada. Este primeiro ministro e capaz de tudo menos governar e representar o povo Cabo Verdianod dignamente.
    Veio a America para a comemoracao de 5 de Julho dia da Independencia de Cabo Verde, e se reuniu expressamente, somente com os cidadaos do partido do MPD excluindo os cidadaos dos outros partidos. Sr. Ulisses, voce e um dirigente da nacao Vaboverdiana ou do partido do MPD?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin