Cabo Verde

Cabo Verde: Candidato presidencial do PAICV “preocupado” com falta de transparência eleitoral

© José Sanches Zé Sanches

O deputado José Sanches, candidato à presidência do PAICV, disse estar “preocupado” com a “falta de transparência” no processo eleitoral que irá decorrer no partido, tendo solicitado ao conselho nacional a criação de uma comissão mista composta por representantes de todas as candidaturas.

Durante a conferência de imprensa desta segunda-feira, 28 de outubro, na Praia, realizada para falar sobre a transparência, verdade e democracia, o político declarou que o processo eleitoral necessita de ser transparente, democrático e com equidade. Para Sanches é urgente marcar a data para a eleição do líder do PAICV, devendo ser efetuada a reunião do conselho nacional para resolver anormalidade e clarificar a atuação e funções do partido em exercício de funções das candidaturas à liderança.

O candidato avançou ainda que já solicitou formalmente à direção do partido a lista de base de dados dos militantes para preparação da sua candidatura, mas que, até ao momento, não obteve qualquer resposta. “A comissão nacional de jurisdição e fiscalização, que deveria responder pela questão de transparência de todo o processo e da organização da base de dados, não tem dado atenção às nossas solicitações”, criticou.

Segundo a mesma fonte, o conselho nacional afirmou apenas que irá reunir-se nos dias 10 e 11 de novembro para marcar a data da eleição. Sabe-se que as eleições diretas estão previstas para janeiro.

No entanto, o membro da maior formação política na oposição realçou que a outra candidata ao cargo de presidente do PAICV, sendo ela Janira Hopffer Almada, atual líder da referida organização, já dispõe da lista de base de dados atualizada, o que lhe tem permitido estar no terreno a recolher subscrições de candidatura.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo