Cabo Verde: Candidatos à Presidência querem esclarecimento sobre recusa de subvenção

Quatro dos candidatos à Presidência da República de Cabo Verde nas últimas eleições pediram em carta nesta quinta-feira, 25 de agosto, a clarificação do Tribunal Constitucional (TC) relativamente à recusa de subvenção a Casimiro de Pina, por parte da Comissão Nacional de Eleições (CNE).

Na missiva assinada pelo próprio Casimiro de Pina, juntamente com Fernando Delgado, Gilson Alves e Joaquim Monteiro, divulgada pela “Inforpress”, lê-se que foi com espanto e preocupação que constataram o tratamento deplorável de que os mesmos estão a ser vítimas por parte de instituições da República, nomeadamente a CNE.

É que, explicaram, depois de essa entidade ter aprovado as contas eleitorais de Casimiro de Pina, negou-lhe a subvenção correspondente ao número de votos obtidos. A mesma está prevista na lei e terá sido confirmada com ampla argumentação pelo acórdão do Tribunal Constitucional n. 7/2018, de 29 de março.

“Tudo leva a crer que este é o tratamento reservado a todos os candidatos, excepto os dois protegidos pelos partidos da esfera do poder”, lê-se na carta, referindo-se assim ao MpD, partido no poder, e ao PAICV, maior partido da oposição no país.

“Vamos solicitar mais uma vez, nos termos da lei a clarificação da questão no Tribunal Constitucional, para que injustiça, o arbítrio e a exclusão não façam escola neste País”, é mencionado.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Angola: Acidentes de viação são segunda causa de morte do país

Angola: Acidentes de viação são segunda causa de morte do país

A Vice-Presidente de Angola, Esperança da Costa, partilhou a sua surpresa no que diz respeito à existência de um grande número…
Moçambique recebe mais USD 59 milhões do FMI para OE

Moçambique recebe mais USD 59 milhões do FMI para OE

O Fundo Monetário Internacional (FMI) concluiu a primeira avaliação do programa de financiamento de três anos ao Orçamento do Estado…
Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

Moçambique: FMI prevê elevado crescimento do crédito à economia

O Fundo Monetário Internacional (FMI) estima um crescimento considerável do crédito à economia em 2023 para Moçambique.  Se isso se…
Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

Angola: Governo entrega proposta do OGE 2023 até 15 de dezembro

O Governo angolano assegurou nesta quinta-feira, 24 de novembro, que vai entregar a proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE)…