Cabo Verde: Carlos Veiga diz que eleições nos EUA não prejudicam o país

O ex-embaixador de Cabo Verde nos Estados Unidos da América (EUA), Carlos Veiga, afirmou que o resultado das eleições norte-americanas não altera a relação entre os dois países. 

Segundo o antigo diplomata, essas relações encontram-se acima de qualquer disputa eleitoral, uma vez que contam com apoio bipartidário no parlamento americano. Isto porque, disse ainda, estão à “mercê da imagem, da seriedade e da confiabilidade que o Estado de Cabo Verde de facto dá no mundo”. 

Além disso, referiu igualmente, os EUA contavam com o peso da comunidade cabo-verdiana nas eleições que se realizaram nesta terça-feira, 03 de novembro, tendo como candidatos Donald Trump e Joe Biden. Existe uma pequena comunidade cabo-verdiana nos EUA que, apesar de ser pequena em número, em certos estados já tem alguma expressão e reconhecimento, acrescentou. 

“Isso pode fazer a sua diferença. Tem feito, em vários casos, em eleições locais, mas numa eleição tão cerrada pode também fazer a diferença”, declarou. 

Carlos Veiga sublinhou que a presença da comunidade cabo-verdiana nos EUA é maior num dos estados mais importantes dos EUA, fator que motiva ainda mais o apoio de ambos os lados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

Ucrânia e Rússia adiam negociações para esta quinta-feira

As negociações entre a Ucrânia e a Rússia foram adiadas para esta quinta-feira, 03 de março.  A delegação ucraniana está…
Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

Portugal agradece à Roménia apoio no repatriamento de portugueses e ucranianos

O primeiro-ministro português, António Costa, manifestou publicamente ao Presidente da Roménia, Klaus Iohannis, a sua gratidão pelo apoio prestado na…
Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

Guiné-Bissau: PGR quer vigilância acrescida a pessoas com enriquecimento anormal

O Procurador-geral da República (PGR) pediu aos magistrados para estarem atentos às pessoas que procuram vias fáceis para enriquecer, às…
Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

Moçambique: Oposição critica "silêncio" do Governo sobre invasão à Ucrânia

A Renamo e o MDM, partidos moçambicanos da oposição, condenam a invasão da Rússia à Ucrânia. Ambos criticam o “silêncio”…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin