Cabo Verde: Caso de Amadeu Oliveira votado no Parlamento

O projeto de resolução que revoga a decisão do Parlamento cabo-verdiano de autorizar a detenção do deputado Amadeu Oliveira vai ser votado nesta sexta-feira, 11 de fevereiro, refere a “Inforpress”. 

A sessão plenária teve início na quarta-feira, dia 09, e houve desentendimento entre os deputados sobre o caso Amadeu Oliveira. O MpD, partido no poder, solicitou a retirada deste ponto da agenda e o PAICV e a UCID, ambas formações políticas da oposição, eram a favor do oposto. 

“Nós não estamos aqui a pedir que internamente façamos algo estranho. A revogação é uma coisa normal, é uma coisa que acontece nos parlamentos de forma tranquila. Revoga-se uma lei, uma resolução, uma deliberação, uma coisa corriqueira, normal”, afirmou na ocasião o líder da UCID, António Monteiro. 

Recorde-se que o também advogado Amadeu Oliveira, da UCID, foi detido a 18 de julho do ano passado, no Aeroporto Internacional Cesária Évora. A Comissão Permanente da Assembleia Nacional tinha decidido no dia 12 de julho, por unanimidade, autorizar a detenção do político para ser ouvido no caso em que terá auxiliado a saída do país de Arlindo Teixeira, seu cliente detido em prisão domiciliária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin