Cabo Verde

Cabo Verde: Cinco projetos para inclusão social recebem 2,5 milhões de euros da UE

A União Europeia (UE) anunciou que vai financiar cinco projetos de organizações da sociedade civil em Cabo Verde, disponibilizando 2,5 milhões de euros para a realização dos mesmos, que visam promover a inclusão das camadas mais vulneráveis da população. 

Segundo um comunicado da delegação da UE na cidade da Praia, tratam-se de apoios ao abrigo do Programa Temático da UE para organizações da sociedade civil e autoridades locais, tendo os projetos beneficiados sido selecionados por um concurso público lançado em abril do ano passado. 

“Este apoio direto a organizações da sociedade civil e parceiros reforça a aposta da União Europeia no desenvolvimento sustentável em Cabo Verde e o reconhecimento do papel que a sociedade civil, particularmente associações comunitárias, desempenham nesta área”declarou a delegação da UE. 

A cerimónia de oficialização da atribuição destes apoios, referentes ao período 2019/2020, decorreu na cidade da Praia, tendo a UE salientado que os cinco projetos “têm por objetivo promover os direitos, participação e inclusão socioeconómica das camadas mais vulneráveis da sociedade”. 

Os apoios a atribuir permitirão desenvolver atividades a favor de crianças com deficiência neurológica, da inclusão socioeconómicas dos jovens reclusos e ex-reclusos, da segurança alimentar, da luta contra as desigualdades sociais e contra a violência baseada no género. 

Estes projetos irão ser desenvolvidos em oito ilhas do arquipélago africano, em “parceria estreita” com entidades locais e nacionais, pelo Instituto Marquês de Valle Flor, Movimento África 70, Cooperazione per Sviluppo Paesi Emergenti, European Partnership for Democracy e Amigos da Natureza.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo