Cabo Verde

Cabo Verde: Correia e Silva reafirmou candidatura a primeiro-ministro

Ulisses Correia e Silva

lídedo MpD e atual primeiro-ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, reafirmou no sábado, 07 de março, no discurso de encerramento da XII Convenção do partido no poder, que irá recandidatar-se chefe do Governo nas eleições legislativas de 2021. 

Foi desta forma que o político afastou a hipótese de candidatar-se às eleições presidenciais, agendadas para o mesmo ano que as legislativas. 

Segundo Correia e Silva, MpD saiu “mais forte” desta XII Convenção, que decorreu entre sexta-feira e sábado, na cidade da Praia, onde foi assegurado o compromisso de vencer os próximos pleitos eleitorais. “O MpD sai mais forte para vencer as autárquicas de 2020, as legislativas de 2021 e apoiar um candidato à Presidente da República vencedor, declarou. 

igualdade de género foi outro aspeto destacado pelo governante, que considerou ainda que o MpD saiu do evento como um partido “moderno”, com mais oportunidade para os jovens, engajado com o desenvolvimento regional e com uma aposta no poder local. 

dirigente prometeu reabrir o debate sobre a regionalização com o objetivo de serem encontradas melhores vias para solucionar o encontro entre a forma de resolver o problema, de organização do Estado e da realidade geográfica, económica e social do país. 

“Não temos modelos acabados, mas é preciso discutir e debater mais para encontrar as melhores soluções. Não tenhamos pressa, no momento em que for possível fazer fará”, concluiu. 

A XII Convenção contou com a presença de cerca de 300 delegados, sendo 30 da diáspora, aprovou, por unanimidade, a moção estratégica de orientação política geral, que tem como lema “reforçar o compromisso com Cabo Verde”. No evento foi apresentada a nova Direção Nacional, que cumpre 44,4% de género na lista dos efetivos.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo