Cabo Verde: CSMP abre inquérito a magistrados

O Conselho Superior do Ministério Público (CSMP) de Cabo Verde deliberou um inquérito a dois magistrados, sendo eles António Maria Claret e Manuel Espírito Santo dos Reis. O objetivo é apurar se os visados têm exercido funções na Cruz Vermelha do arquipélago sem a autorização do CSMP.

Trata-se de uma deliberação aprovada por unanimidade pelos membros do CSMP, no dia 04 de janeiro. A investigação surge após uma denúncia feita por um grupo de voluntários da Cruz Vermelha de Cabo Verde (CVCV).

De acordo com o grupo que integra a organização humanitária, há “fortes indícios da prática de corrupção passiva e de crime de peculato” pelos referidos magistrados, enquanto “membros do Departamento de Restabelecimentos de Laços Familiares da Cruz Vermelha e Presidente da Comissão Permanente de Eleições da Cruz Vermelha, respetivamente”.

Nesse documento citado pela “Inforpress”, pode ler-se também que o CSMP ordenou a abertura do processo “por forma a aquilatar os factos constantes da denúncia subscrita pelos senhores Mário Moreira, José Mário Correia e José Eduíno Tavares”. A deliberação foi remetida ao Serviço de Inspecção do Ministério Público para proceder ao inquérito aos citados magistrados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin