Cabo Verde: Debate com primeiro-ministro marca sessão plenária

A segunda sessão plenária de outubro em Cabo Verde, que começa na quarta-feira, dia 26, vai ser marcada pelo debate com o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, pelo debate sobre a situação da Justiça no país e pela eleição dos órgãos externos ao Parlamento

O debate com Correia e Silva terá como tema “o desenvolvimento rural”, proposto pelo Movimento para a Democracia (MpD), partido no poder e do qual o primeiro-ministro é líder. O objetivo é discutir sobre as políticas de desenvolvimento rural. 

Quanto ao debate sobre a situação da Justiça, marcado para sexta-feira, dia 28, será analisado o relatório anual sobre o setor. No documento é indicado o aumento considerável de processos no ano judicial 2021/2022, com registo de um maior número de processos entrados e menor de processos transitados. 

A agenda inclui ainda a aprovação de propostas de lei e propostas de resolução, nomeadamente a proposta de lei que estabelece o regime jurídico da comercialização, importação, distribuição e produção de plásticos de utilização única e a proposta de lei que estabelece o Estatuto da Pessoa Idosa.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Guiné Equatorial: Vice-presidente acusa Espanha de "humilhar" o país

Guiné Equatorial: Vice-presidente acusa Espanha de "humilhar" o país

O vice-presidente da Guiné Equatorial, Teodoro Nguema Obiang, acusa a Espanha de “humilhar” e “desacreditar” o país depois de a…
Moçambique: Operação "Vulcão IV" decorre no distrito de Macomia

Moçambique: Operação "Vulcão IV" decorre no distrito de Macomia

As Forças Armadas de Defesa de Moçambique (FADM) informaram nesta terça-feira, 03 de janeiro, que está em curso a Operação…
Timor-Leste: Taxa de execução do OGE 2022 foi de 78,75%

Timor-Leste: Taxa de execução do OGE 2022 foi de 78,75%

O Governo de Timor-Leste executou em 2022 cerca de 78,75% do valor total do Orçamento Geral do Estado (OGE) desse…
Moçambique: Atraso de salários gera greve no município de Nacala

Moçambique: Atraso de salários gera greve no município de Nacala

Mais de setecentos funcionários e agentes do Estado afetos ao Conselho autárquico de Nacala, na província de Nampula, encontram-se em…