Cabo Verde: Diáspora cabo-verdiana acusa Governo de abandono

Mais de 50 cabo-verdianos encontram-se retidos, há já cerca de três meses, nos países europeus França, Bélgica e Holanda, devido ao fecho das fronteiras internacionais por causa da pandemia da Covid-19.

Um grupo de cidadãos afirmou que está desanimado com a situação e decidiu denunciar aquilo que considera ser o “descaso e abandono” por parte do Governo de Cabo Verde e das respetivas embaixadas nos países referidos.

Um dos visados disse que chegou à Holanda a 11 de março para consultas médicas, não pretendendo passar mais de 15 dias no local. No entanto, com o fecho das fronteiras no dia 18, continua com a família no mesmo sítio sem poder regressar a Cabo Verde.

Segundo a mesma fonte, foram feitas tentativas de regresso, mas sem sucesso. O desânimo com a situação surge também pelo facto de a mesma ter sabido que já houve, entretanto, voos para repatriar cabo-verdianos em outros países, tendo os mesmos chegado, alegadamente, vazios ou quase vazios ao arquipélago africano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Maleiane ocupa cargo de primeiro-ministro

Moçambique: Maleiane ocupa cargo de primeiro-ministro

O chefe de Estado moçambicano, Filipe Nyusi, confere posse a Adriano Maleiane nesta sexta-feira, 04 de março. O ex-ministro da…
Putin aconselha países vizinhos a não agravarem situação de guerra

Putin aconselha países vizinhos a não agravarem situação de guerra

O Presidente russo recomenda aos países vizinhos da Rússia que “não agravem a situação, não imponham limitações”. Vladimir Putin diz…
Liga dos Bombeiros Portugueses envia ambulâncias para a Ucrânia

Liga dos Bombeiros Portugueses envia ambulâncias para a Ucrânia

A Liga dos Bombeiros Portugueses anunciou nesta sexta-feira, 04 de março, que vai enviar na segunda-feira para a Ucrânia oito…
Primeiro-ministro português efectua visita de 48 horas à Guiné-Bissau

Primeiro-ministro português efectua visita de 48 horas à Guiné-Bissau

A Guiné-Bissau recebe este sábado 05 Março a visita primeiro-ministro português, António Costa, que permanecerá no país 48 horas. Segundo…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin