Cabo Verde: Diáspora nos EUA acusa Governo de boicotar recenseamento eleitoral

Um emigrante cabo-verdiano que vive nos Estados Unidos da América (EUA) há mais de 40 anos, chamado César da Silva, acusou o Governo de Cabo Verde de boicotar o recenseamento eleitoral da diáspora. 

Segundo o próprio, tal deve-se ao medo que o Governo tem de enfrentar, nas urnas, o descontentamento da diáspora nas eleições legislativas e presidenciais, marcadas para 18 de abril e 17 de outubro, respetivamente. 

De acordo com a mesma fonte, natural da Brava e radicada em Boston, que fez declarações à imprensa em representação da comunidade cabo-verdiana nos EUA, a diáspora está muito decepcionada com a falta de zelo do Governo e da Comissão de Recenseamento Eleitoral (CRE) em criarem as condições para o normal funcionamento do recenseamento eleitoral. 

“As condições são precárias para a diáspora e mostra falta de respeito com a comunidade emigrada. Não houve nenhuma preparação da CRE ou do consulado, com informações sobre o recenseamento. A publicidade só foi feita depois do arranque do processo, o que atrasou ainda mais a ida das pessoas aos postos de recenseamento”, criticou. 

Em relação a este tema, o Governo afirmou na passada quarta-feira, 06 de janeiro, que a situação se devia às dificuldades de mobilidade no contexto da pandemia da Covid-19. Este foi o argumento utilizado no Parlamento, depois de ter sido criticado pela oposição sobre o atraso no recenseamento na diáspora. 

secretário de Estado-adjunto do ministro do Estado, Carlos Monteiro, assegurou que há, da parte do Governo, “todo o engajamento para assegurar a participação efetiva dos imigrantes nas próximas eleições”.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

África do Sul detém alegado líder de sequestros em Moçambique

África do Sul detém alegado líder de sequestros em Moçambique

A polícia da África do Sul deteve no sábado, 07 de janeiro, um homem que estava a ser procurado por…
Timor-Leste: Presidente quer marcar eleições legislativas para maio

Timor-Leste: Presidente quer marcar eleições legislativas para maio

O Presidente de Timor-Leste, José Ramos-Horta, informou que vai ouvir este mês os partidos com assento parlamentar e outras forças…
Angola: UNITA capacita deputados sobre proposta do OGE

Angola: UNITA capacita deputados sobre proposta do OGE

O grupo parlamentar da UNITA realizou um seminário sobre a proposta do Orçamento Geral do Estado (OGE) para 2023 no…
Portugal: Costa oferece mais apoio humanitário e militar à Ucrânia

Portugal: Costa oferece mais apoio humanitário e militar à Ucrânia

O primeiro-ministro de Portugal, António Costa, informou nesta segunda-feira, 09 de janeiro, que conversou ao telefone com o Presidente da…