Cabo Verde: Dívida interna sofre aumento de quase 14%

dívida interna de Cabo Verde subiu 13,8% desde o início de 2021. Esta percentagem representa 95.949 milhões de escudos, de acordo com o mais recente relatório estatístico mensal do Banco de Cabo Verde (BCV).  

No documento pode ler-se que o endividamento interno do governo central ascendia a cerca de 84.315 milhões de escudos no início do ano. A quantia cresceu mensalmente até ao pico registado em julho, traduzindo-se num crescimento nominal, em sete meses, superior a 11.634 milhões de escudos.  

Tendo em conta a ausência quase total de receitas do turismo desde março de 2020, devido à crise causada pela pandemia da Covid-19, o Governo cabo-verdiano teve de recorrer ao endividamento interno, através de Obrigações do Tesouro (maturidades longas) e Bilhetes do Tesouro (maturidades curtas), para financiar as medidas de apoio à economia e às famílias.  

No final de 2019, antes da crise derivada da pandemia, o ‘stock’ do endividamento interno do Governo central rondava os 73.343 milhões de escudos.  

O país vive uma grave crise económica e social, tendo sofrido em 2020 uma recessão económica histórica de 14,8% do Produto Interno Bruto (PIB). Antes da Covid-19 era previsto que a economia crescesse mais de 6%. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Cabo Verde: Correia e Silva quer Economia Digital a valer 25% do PIB

Cabo Verde: Correia e Silva quer Economia Digital a valer 25% do PIB

O primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, tem como meta fazer com que a Economia Digital contribua com 25% do Produto Interno Bruto (PIB). Este objetivo…
Grécia quer cooperar com Angola na Segurança Marítima

Grécia quer cooperar com Angola na Segurança Marítima

A Grécia manifestou a Angola o seu desejo de estabelecer cooperação nos domínios da Segurança Marítima, Comércio, Turismo, Indústria, Agricultura e Inovação. Essa…
Moçambique: INGD alerta para risco de inundações e cheias

Moçambique: INGD alerta para risco de inundações e cheias

A presidente do Instituto Nacional de Gestão e Redução do Risco de Desastres (INGD) Luísa Meque, apelou às comunidades que residem nas…
Timor-Leste: Diáspora na Coreia do Sul enviou mais de USD 30 milhões

Timor-Leste: Diáspora na Coreia do Sul enviou mais de USD 30 milhões

Os trabalhadores timorenses na Coreia do Sul já enviaram para Timor-Leste, de 2009 a 2021, cerca de 39 milhões de dólares…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin