América do Norte | Cabo Verde

Cabo Verde e EUA vão alargar cooperação militar

O ministro da Defesa de Cabo Verde, Luís Filipe Tavares, anunciou nesta terça-feira, 21 de janeiro, que o país e os Estados Unidos da América (EUA) vão alargar a cooperação militar na área da cibersegurança, luta contra a fraude fiscal, lavagem e branqueamento de capitais. 

A informação foi partilhada com a imprensa, tendo sido acrescentado que, para o efeito desta cooperação bilateral na área da defesa, deverão chegar brevemente ao arquipélago três navios apropriados para a vigilância costeira. 

A declaração foi feita no final de um encontro de avaliação com o Vice-Secretário Adjunto da Marinha para Programas Internacionais dos EUA, o contra-almirante Francis D. Morley, sobre o estado da cooperação no domínio da defesa militar entre os dois países. 

O governante mencionou ainda que o leque de cooperação entre ambos os países é “muito vasto” e que Cabo Verde vai passar a ter mais três navios apropriados para a vigilância costeira, tendo também elogiado o reforço da cooperação dos militares cabo-verdianos nos EUA no setor da defesa, no quadro de uma visão estratégia partilhada para o futuro. 

Luís Filipe Tavares destacou igualmente as relações de cooperação entre Cabo Verde e EUA, reportando a instalação, há mais de 200 anos, do primeiro consulado dos EUA no arquipélago, havendo entre os dois Estados “excelentes relações”.

Cabo Verde

América do Norte

Mundo

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo