Cabo Verde e STP investem numa “cooperação mais dinâmica”

Cabo-Verde e São Tomé e Príncipe decidiram “reavivar as comissões mistas” para que a cooperação entre os dois países seja “muito mais dinâmica, efetiva e intensa”. O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, que está a cumprir uma visita oficial de cinco dias a São Tomé e Príncipe. 

O governante foi recebido na quarta-feira, 22 de setembro, no aeroporto de São-Tomé pelo ministro são-tomense da Presidência, Conselho de Ministros, Comunicação Social e Novas Tecnologias, Wuando Castro. 

Em declarações à imprensa, Correia e Silva afirmou que a sua visita tinha como principal objetivo “fazer com que esta nossa cooperação seja muito mais dinâmica, efetiva e intensa”. Ainda segundo o representante de Cabo Verde, há “a intenção de reavivar novamente as comissões mistas, porque são sempre momentos de encontros, de partilha e de avaliação” no âmbito da cooperação bilateral. 

“É bom lembrar que nós temos uma cooperação muito especial”, realçou. A sua missão visa também “fazer uma avaliação no quadro de cooperação para desenvolvimento económico e empresarial” entre ambos os países

O primeiro-ministro reuniu-se com o homólogo são-tomense, Jorge Bom Jesus, autor do convite da visita. O objetivo do encontro é discutir em privado o melhoramento da cooperação bilateral e o seu relançamento. 

Ulisses Correia e Silva teve igualmente uma audiência com o Presidente cessante de São Tomé e Príncipe, Evaristo Carvalho. A agenda inclui uma visita às comunidades cabo-verdianas na diáspora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Cabo Verde: Correia e Silva quer Economia Digital a valer 25% do PIB

Cabo Verde: Correia e Silva quer Economia Digital a valer 25% do PIB

O primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, tem como meta fazer com que a Economia Digital contribua com 25% do Produto Interno Bruto (PIB). Este objetivo…
Grécia quer cooperar com Angola na Segurança Marítima

Grécia quer cooperar com Angola na Segurança Marítima

A Grécia manifestou a Angola o seu desejo de estabelecer cooperação nos domínios da Segurança Marítima, Comércio, Turismo, Indústria, Agricultura e Inovação. Essa…
Moçambique: INGD alerta para risco de inundações e cheias

Moçambique: INGD alerta para risco de inundações e cheias

A presidente do Instituto Nacional de Gestão e Redução do Risco de Desastres (INGD) Luísa Meque, apelou às comunidades que residem nas…
Timor-Leste: Diáspora na Coreia do Sul enviou mais de USD 30 milhões

Timor-Leste: Diáspora na Coreia do Sul enviou mais de USD 30 milhões

Os trabalhadores timorenses na Coreia do Sul já enviaram para Timor-Leste, de 2009 a 2021, cerca de 39 milhões de dólares…
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin