Cabo Verde: Edil de São Vicente acusado de transformar “munícipes em pedintes”

O presidente da Comissão Política Regional (CPR) do Partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV) em São Vicente voltou a fazer acusações contra o presidente da Câmara Municipal. Segundo Alcides Graça, o edil transformou a autarquia numa “loja de caridade” e os “munícipes em pedintes”.

As declarações foram feitas em conferência de imprensa, tendo o dirigente ainda afirmado que os actos praticados pelo presidente da Câmara Municipal de São Vicente têm fins eleitoralistas.

“Todas as segundas-feiras verifica-se uma grande aglomeração de munícipes à frente da câmara, desafiando todas as recomendações das autoridades sanitárias quanto ao distanciamento social, na esperança de aproveitar esta oportunidade para legalizar a sua casa ou comprar um terreno”, expôs.

Também de acordo com o político, “alguns munícipes levantam-se às 04:00 da manhã para garantir o atendimento”, e mesmo assim “não conseguem resolver a situação”.

Para Alcides Graça, o objetivo não é resolver a situação, mas sim protelar no tempo até às próximas eleições autárquicas, agendadas para este ano.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: PAICV critica "falhanço" na política de segurança do Governo

Cabo Verde: PAICV critica "falhanço" na política de segurança do Governo

O PAICV apontou o “falhanço” nas políticas de segurança do Governo cabo-verdiano esta quarta-feira, 11 de janeiro, no Parlamento.  “No…
Timor-Leste: Estado gasta 53 mil euros por dia em veículos

Timor-Leste: Estado gasta 53 mil euros por dia em veículos

O Ministério das Finanças de Timor-Leste divulgou dados que indicam que o Estado gastou mais de 57 mil dólares americanos…
Brasil: Bolsonaro poderá vir a ser deportado dos EUA

Brasil: Bolsonaro poderá vir a ser deportado dos EUA

No dia 30 de dezembro do ano passado, o então presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, deixou o país rumo ao…
Ato em Lisboa procurou defender a democracia no Brasil

Ato em Lisboa procurou defender a democracia no Brasil

Cerca de 38 organizações portuguesas e quase 300 pessoas assinaram um documento de apoio ao governo democraticamente eleito do Brasil…