Cabo Verde: Edson Ribeiro candidata-se à presidência da UCID

O militante Edson Ribeiro, da UCID, anunciou a sua candidatura à presidência da UCID. A informação foi avançada através da sua página pessoal nas redes sociais. 

Ribeiro promete impulsionar, a nível nacional, uma nova dinâmica no partido cabo-verdiano da oposição, atualmente liderado por António Monteiro

“Neste contexto de desafios cada vez maiores e perante uma necessidade inquestionável de renovação, disponibilizo-me para ser candidato à liderança da UCID, porque é meu entendimento que o partido, os militantes, os cabo-verdianos e o país precisam e querem novos intervenientes para impulsionar uma nova dinâmica”, afirmou. 

O político vai iniciar a jornada de auscultação dos membros e dirigentes do partido, antigos e atuais, e ainda dos amigos e simpatizantes da UCID. Edson Ribeiro pede o apoio de todos aqueles que querem e que podem dar o seu melhor para juntos reerguerem a organização política, “de modo a estar sempre e cada vez mais preparada para servir toda a nação cabo-verdiana”

As eleições internas irão realizar-se durante um congresso previsto para o primeiro trimestre de 2022 e terminarão com a escolha dos novos órgãos nacionais e regionais da UCID.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin