Cabo Verde: Eletricidade mais cara em outubro

A Agência Reguladora Multissectorial da Economia (ARME) reajustou as tarifas de venda de energia elétrica aos consumidores finais das empresas ELECTRA e AEB, que devem vigorar a partir de 1 de outubro de 2021.

As tarifas da ELECTRA tiveram um reajuste de 6,43 ECV/kWh para cada kWh e as da AEB um reajuste de 5,80 ECV/kWh para cada kWh faturado.

De acordo com o comunicado divulgado pela ARME, os ajustes nas tarifas de venda de energia elétrica devem-se à evolução dos preços dos combustíveis, tal como os devidos ajustes decorrentes dos exercícios de indexação anteriores.

As novas tarifas fixadas estão próximas dos valores de 2019, em vigor no período que antecedeu a crise pandémica da Covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin