Cabo Verde espera apoio de países desenvolvidos no combate às alterações climáticas

ónio Guterres COP26 ONU

O primeiro-ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, disse estar otimista com a mudança de atitude que encontrou dos países desenvolvidos na 26.ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas (COP26), no que diz respeito a ajudar os países em desenvolvimento. O evento decorre de 31 de outubro a 12 de novembro em Glasgow, na Escócia. 

“Acho que há esperança porque há uma mudança significativa relativamente à COP anterior”, afirmou aos jornalistas, à saída de um encontro inédito entre o secretário de Estado americano, Anthony Blinken, com chefes de Estado e do governo de Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento

“Creio que é a primeira vez que isso acontece. Há um comprometimento muito forte dos Estados Unidos relativamente à defesa das especificidades desses países que são muito vulneráveis do ponto de vista económico e ambiental”, acrescentou. 

Cabo Verde está à espera do desbloqueamento do financiamento do clima aos países menos desenvolvidos e vulneráveis, de maneira a poder investir e adaptar-se às alterações climáticas. 

Na intervenção que fez na terça-feira, 02 de novembro, o governante partilhou o compromisso do arquipélago africano em reduzir em 38% as emissões de gases com efeito de estufa até 2030, para que seja alcançada a neutralidade carbónica em 2050. Quanto às energias renováveis, espera passar dos atuais 20% para mais de 50% em 2030.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Hamas partilha avanço nas negociações para cessar-fogo

Hamas partilha avanço nas negociações para cessar-fogo

O Hamas divulgou nesta segunda-feira, 04 de março, que está a avançar com as conversações no Cairo, de maneira a…
Estudo com 4 245 psiquiatras da Europa sobre o estigma associado à doença mental na prática clínica apresenta primeiros resultados

Estudo com 4 245 psiquiatras da Europa sobre o estigma associado à doença mental na prática clínica apresenta primeiros resultados

A promoção de uma cultura laboral que inclua iniciativas anti-estigma e a integração destas ações nos programas de formação em…
Moçambique: População ainda se mantém no posto administrativo de Mucojo apesar da ordem de evacuação

Moçambique: População ainda se mantém no posto administrativo de Mucojo apesar da ordem de evacuação

Ainda há população nas aldeias do posto administrativo de Mucojo, distrito de Macomia, apesar de ter sido decretada a evacuação…
Moçambique: Terroristas atacam Quissanga – sede e ilha Quirimba, em Ibo

Moçambique: Terroristas atacam Quissanga – sede e ilha Quirimba, em Ibo

O último fim-de-semana foi marcado por mais uma investida dos grupos terroristas, no distrito de Quissanga e na ilha Quirimba,…