Cabo Verde | Especial COVID-19

Cabo Verde: Estado de Calamidade prorrogado em Santiago e Fogo

Tarrafal, ilha de Santiago

Santiago e Fogo, as duas ilhas atualmente mais afetadas pela Covid-19vão continuar em Estado de Calamidade. Tal irá prolongar-se, pelo menos, até 14 de dezembro, de acordo com a resolução aprovada pelo Governo que entrou em vigor neste domingo, 15 de novembro. 

A resolução prorroga também por 30 dias o Estado de Contingência nas restantes ilhas cabo-verdianas. Mantém-se assim o quadro de restrições e as medidas que entraram em vigor a 01 de novembro. 

“Volvidos 15 dias, as razões de fundo que haviam levado a que o Governo decretasse a situação de calamidade nas ilhas de Santiago e do Fogo ainda se mantêm, pelo que entende-se dever prorrogá-la nessa duas ilhas, bem assim como prorrogar a situação de contingência nas demais ilhas do arquipélago, por forma a que se garanta a manutenção das medidas de prevenção e contenção que se verificam pertinentes na presente conjuntura, com fundamento na necessidade de minimizar os riscos de transmissão da infeção”pode ler-se na resolução. 

O arquipélago tem um total de 9.780 casos de Covid-19 diagnosticados desde 19 de março, com 102 óbitos associados à doença no mesmo período. 

Continuam ativos 528 casos da doença, principalmente distribuídos pela Praia (ilha de Santiago), com 243 doentes, e pelos três municípios da ilha do Fogo, com 125.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo