Cabo Verde, Guiné-Bissau e STP querem plano alimentar de emergência do BAD

Cabo Verde, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe querem recorrer ao mecanismo de 1,5 mil milhões de dólares anunciado pelo Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) para aumentar a produção agrícola de África e combater a crise alimentar. 

“Já estamos a trabalhar com a nossa equipa cabo-verdiana, mas também do BAD, e vamos rapidamente apresentar um projeto para podermos aumentar a capacidade de produção alimentar em Cabo Verde”, partilhou o ministro das Finanças cabo-verdiano, Olavo Correia, em declarações à “Lusa”. 

As declarações foram feitas em Acra, capital do Gana, à margem dos encontros anuais do BAD. No local também estava presente o ministro das Finanças de São Tomé e Príncipe, Engrácio Graça, que manifestou a mesma intenção de Cabo Verde, tal como o ministro guineense, João Fadiá. 

“Temos neste momento projetos na área da agricultura, para produção do arroz, com o BAD que não chegam. Neste momento, as avaliações que temos é que não é suficiente, queremos ampliá-lo. Portanto, vamos tentar obter mais fundos sobre esse projeto para podemos ampliar a produção do arroz”, disse Fadiá. 

O Plano Africano de Produção Alimentar de Emergência, promovido pelo BAD e pela Comissão da União Africana, no valor de 1,5 mil milhões de dólares (1,4 mil milhões de euros), vai beneficiar 20 milhões de agricultores com sementes e fertilizantes, além de outros insumos agrícolas. Estima-se assim a produção de 38 milhões de toneladas de alimentos, no valor de 12 mil milhões de dólares (11,2 mil milhões de euros). 

Tal irá incluir 11 milhões de toneladas de trigo, 18 milhões de toneladas de milho, seis milhões de toneladas de arroz e 2,5 milhões de toneladas de soja.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Cabo Verde: Líder do MpD reconhece difícil situação do país

Cabo Verde: Líder do MpD reconhece difícil situação do país

O primeiro-ministro de Cabo Verde e líder do Movimento para a Democracia (MpD), Ulisses Correia e Silva, reconheceu que o…
Angola: MPLA aprova Programa de Governo 2022-2027

Angola: MPLA aprova Programa de Governo 2022-2027

O Comité Central do MPLA aprovou nesta quinta-feira, 02 de junho, o Programa de Governo 2022-2027 e o Manifesto Eleitoral…
Guiné Equatorial e Moçambique avançam com supressão de vistos

Guiné Equatorial e Moçambique avançam com supressão de vistos

Os Governos equato-guineense e moçambicano assinaram nesta quinta-feira, 02 de junho, um acordo para supressão de vistos. A informação foi…
Conselho de Ministros da CPLP analisa guerra na Ucrânia

Conselho de Ministros da CPLP analisa guerra na Ucrânia

Os chefes da diplomacia da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) reúnem-se na XXVII Reunião Ordinária do Conselho de…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin