Cabo Verde: Hélio Sanches e Gilson Alves formalizam candidatura às presidenciais

Hélio Sanches tornou-se o quarto candidato a formalizar a candidatura às eleições presidenciais. O acto foi feito nesta terça-feira, 17 de agosto, junto ao Tribunal Constitucional, através do seu mandatário, Edson Ribeiro.

“Agora vamos começar uma nova etapa neste processo de candidatura. O que gostaríamos é que os outros candidatos deixem de passar mensagens enganadoras aos cidadãos. Que cumpram de facto a Constituição, porque as eleições presidenciais não são e nem podem ser vistas como meras extensões das eleições legislativas ou outras eleições”, defendeu o mandatário.

Edson Ribeiro reconheceu perante os jornalistas que alguns dos candidatos têm algum passado na vida política, como Carlos Veiga e José Maria Neves, mas defende que os mesmos já deram o que tinham para dar a Cabo Verde. Assim, defendeu projetos novos, de pessoas com uma visão diferente e capazes de trazer uma nova prática política.

Já o cirurgião Gilson João Alves tornou-se o quinto candidato a oficializar a sua candidatura, o que ocorreu no mesmo dia que Hélio Sanches. O mandatário de Gilson João Alves, Edmilson Aguiar, entregou igualmente o processo de candidatura junto do Tribunal Constitucional, também com mais de mil assinaturas, o número mínimo exigido.

Segundo Edmilson Aguiar, o candidato que representa possui uma ideia de política “jovem e muito apoiada”, principalmente pela camada jovem. “Falo dos bairros periféricos que precisam de muito apoio, os nossos idosos, os nossos jovens”, salientou, acrescentando que não têm nenhum apoio partidário e que nem gostariam de tê-lo.

Esta candidatura, prosseguiu, visa conseguir um lugar para lutar, no intuito de ajudar o povo cabo-verdiano, sobretudo os jovens, abrangendo as áreas periféricas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

Moçambique: IESE diz que Covid-19 não foi principal causa de recessão do país

O Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) considera que a Covid-19 não foi a principal causa da recessão económica em Moçambique.…
Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Guiné-Bissau: Presidente exonera Chefe de Estado-maior da armada e vice do Exército

Segundo uma nota do Gabinete de Comunicação da Presidência da República, citando o Decreto Presidencial, “é o Contra Almirante, Carlos…
Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

Timor-Leste: Elaboração do Plano de Urbanização de Díli aprovada

O Conselho de Ministros de Timor-Leste aprovou a elaboração do Plano de Urbanização de Díli. O objetivo é melhorar a…
Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin