Cabo Verde

Cabo Verde: IEFP e INPS facilitam atribuição do subsídio de desemprego

O Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) e o Instituto Nacional de Previdência Social (INPS) lançaram uma plataforma de Sistema de Atribuição do Subsídio de Desemprego (SASD) em Cabo Verde. O objetivo desta iniciativa é facilitar a gestão e a troca de informação durante o processo.

A presidente do conselho diretivo do INPS, Orlanda Ferreira, explicou que a nova plataforma é um “instrumento fundamental” para a gestão do subsídio de desemprego. Além disso, visa facilitar todos aqueles que, por motivo involuntário, perdem o emprego, podendo assim recorrer a esse subsídio.

Quanto à gestão da plataforma, essa será feita por ambas as entidades. Caberá ao IEFP a responsabilidade da gestão de medidas ativas de emprego e ao INPS gerir o valor do subsídio de desemprego.

A mesma fonte acrescentou que, com esta plataforma integrada, os trabalhadores já não têm de recorrer ao IEFP e ao INPS para solicitarem o pedido de subsídios. Agora basta dirigirem-se ao IEFP para declararem a situação de desemprego involuntário. Isto porque o INPS terá logo nessa altura acesso imediato aos dados, disponíveis através da plataforma.

“Vamos trabalhar de mãos dadas nesta medida, que é uma prestação de subsídio de desemprego e, ao mesmo tempo, também, o IEFP vai ter a oportunidade de ir capacitando esses trabalhadores e integrar no mercado do trabalho”, sublinhou.

Foram 1.700 os trabalhadores que solicitaram, até ao momento, o pedido do referido subsídio. No entanto, Orlanda Ferreira disse que, desse número, cerca de 60% dos pedidos encontra-se ainda em fase de processamento.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo