Cabo Verde incentiva reformas em Angola

O embaixador de Cabo Verde em Angola, Jorge Eduardo de Figueiredo, encorajou nesta quinta-feira, 09 de janeiro, o Estado angolano a continuar com as reformas no país para o desenvolvimento económico e social do mesmo.

No final de uma audiência realizada para apresentar cumprimentos de Ano Novo à vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, o diplomata afirmou que a Angola só restava iniciar reformas para lutar contra a corrupção e normalizar o funcionamento das instituições.

Para Jorge de Figueiredo, a normalização do funcionamento das instituições angolanas pode reduzir a dependência substancial do petróleo, o que permitirá a diversificação económica, o aumento do emprego e da melhoria dos sistemas de educação e saúde, além do crescimento económico.

O embaixador manifestou a disponibilidade do seu país em cooperar na melhoria dos serviços de educação, saúde, governação eletrónica e internacionalização económica de Angola, através do aproveitamento da localização geográfica de Cabo Verde.

Figueiredo predispôs-se a transmitir os 27 anos de experiência autárquica cabo-verdiana, com as devidas adaptações ao formato que venha a ser determinado pelo povo angolano, uma vez que as primeiras eleições autárquicas em Angola estão marcadas para este ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Cabo Verde interessado em consolidar desenvolvimento sustentável com Portugal

Cabo Verde interessado em consolidar desenvolvimento sustentável com Portugal

O primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, partilhou publicamente a vontade de consolidar o processo de desenvolvimento sustentável em Cabo…
Angola considera "excelentes" as relações com Portugal

Angola considera "excelentes" as relações com Portugal

O Ministério das Relações Exteriores de Angola afirma, através de uma nota de imprensa oficial, que as relações comerciais com…
Banco de Moçambique cancela registo de 15 operadores de microcrédito

Banco de Moçambique cancela registo de 15 operadores de microcrédito

O Banco de Moçambique decidiu cancelar o registo de 15 operadores de microcrédito. Estes passam a estar assim proibidos de…
Cabo Verde e Suíça decidem facilitar vistos de curta duração

Cabo Verde e Suíça decidem facilitar vistos de curta duração

Cabo Verde e Suíça acordaram que vão facilitar a emissão de vistos de curta duração, divulgou o Ministério dos Negócios…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin