Cabo Verde

Cabo Verde interdita voos para Itália até 30 de abril

O primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, anunciou o alargamento da interdição dos voos de Itália para Cabo Verde até 30 de abril, bem como “vigilância apertada” nas viagens provenientes de Portugal, Espanha e França, devido ao coronavírus Covid-19.

“A interdição de voos para Itália, tendo em conta a prevalência de casos. Tomámos a decisão em tempo útil e oportuno e vai ser prorrogada até 30 de abril, porque tínhamos definido um período de três semanas e continuaremos a fazer avaliação da situação da epidemia em Itália”, declarou na cidade da Praia, durante a apresentação de um plano nacional de contingência para prevenção e controlo do Covid-19.

Recorde-se que já no final de fevereiro o governante tinha informado sobre a interdição de todos os voos de Itália para Cabo Verde, devido ao aumento do surto do coronavírus, uma medida que tinha o prazo de três semanas. Esse é o país europeu com mais casos de morte até ao momento, uma vez que já ultrapassou as mil.

Quanto aos outros países com casos da doença e onde há um fluxo elevado e permanente de transporte e diretos para o arquipélago africano, nomeadamente Portugal, Espanha e França, o primeiro-ministro afirmou que será mantida a “triagem e vigilância apertadas” no aeroportos.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo