Cabo Verde: Investimento Direto Estrangeiro cai 31%

O Investimento Direto Estrangeiro (IDE) em Cabo Verde caiu 31% face a 2019, mesmo depois de uma recuperação registada nos índices no terceiro trimestre.

O IDE subiu 95%, tendo passado de 1.114,5 milhões de escudos no segundo trimestre para 2.177,7 milhões de escudos no terceiro trimestre. Estes são os dados do último Boletim estatístico do Banco de Cabo Verde (BCV), registados até setembro.

Ainda assim, nesses primeiros nove meses do ano, o IDE total no arquipélago atingiu quase 5.351 milhões de escudos. Trata-se de 31% abaixo dos 7.760 milhões de escudos obtidos no mesmo período de 2019.

De julho a setembro, Portugal foi o país que mais contribuiu no IDE, com 1.036,3 milhões de escudos. Seguiu-se a Espanha, com 192,6 milhões de escudos investidos no país africano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Renamo comenta "invenção da Frelimo" sobre Junta Militar

Moçambique: Renamo comenta "invenção da Frelimo" sobre Junta Militar

O secretário-geral da Renamo, André Mangibire, afirmou à “STV” que duvida da existência de um novo líder da Junta Militar…
Timor-Leste: Candidatos presidenciais assinam pacto da unidade nacional

Timor-Leste: Candidatos presidenciais assinam pacto da unidade nacional

A maioria dos candidatos presidenciais assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pacto da unidade nacional. O objetivo é assegurar a…
Cabo Verde: Brava anuncia formação gratuita em Marketing Digital

Cabo Verde: Brava anuncia formação gratuita em Marketing Digital

Já estão abertas as inscrições para uma formação gratuita em Marketing Digital na ilha da Brava, avança “A Nação”. Esta…
Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

Ucrânia: Presidente assina pedido de adesão à União Europeia

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, assinou nesta segunda-feira, 28 de fevereiro, o pedido formal de adesão à União Europeia…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin