Cabo Verde já pagou 400 mil contos em contribuições a organizações internacionais

Cabo Verde bandeira

O ministro dos Negócios Estrangeiros de Cabo Verde, Rui Figueiredo Soares, partilhou no Parlamento que, entre 2021 e 2023, o país pagou 400 milhões de escudos de contribuições estatutárias que tem junto de organizações internacionais.

“Em 2021/2023 foram pagas contribuições num montante de 400 milhões de escudos”, referiu nesta quinta-feira, 11 de abril, em resposta a uma pergunta feita pelo dirigente da UCID, João Santos Luís, na primeira sessão plenária deste mês.

Ainda de acordo com o governante, para 2024 existe uma verba que ronda os 420 milhões de escudos para continuar a pagar a dívida junto das organizações internacionais. No entanto, não divulgou o valor.

Figueiredo Soares garantiu que Cabo Verde está a “fazer esforços significativos para que as contribuições estatutárias estejam em dia nas várias organizações internacionais e para cumprir os compromissos”.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Cabo Verde: UCID critica empréstimo bancário em época pré-eleitoral

Cabo Verde: UCID critica empréstimo bancário em época pré-eleitoral

O eleito municipal da UCID em Santo Antão, José Graça, disse que se trata de uma “manobra para manipular a…
Moçambique: PRM confirma envolvimento de membros seus em actos criminais

Moçambique: PRM confirma envolvimento de membros seus em actos criminais

O Comandante-Geral da Polícia da República de Moçambique (PRM), Bernardino Rafael, disse reconhecer o envolvimento dos membros da sua corporação…
Cabo Verde: MpD garante cumprimento do quadro legal de contratação pública por ajuste direto

Cabo Verde: MpD garante cumprimento do quadro legal de contratação pública por ajuste direto

O secretário-geral do Movimento para a Democracia (MpD), Luís Carlos Silva, assegurou que o Governo cabo-verdiano tem cumprido o quadro…
Angola: Isabel dos Santos diz que "alerta vermelho" da Interpol tem "informações falsas"

Angola: Isabel dos Santos diz que "alerta vermelho" da Interpol tem "informações falsas"

A empresária angolana Isabel dos Santos vai contestar o “alerta vermelho” da Interpol, solicitado pelo Estado angolano, por se basear…