Cabo Verde: José Maria Neves eleito Presidente na primeira volta

O candidato presidencial José Maria Neves foi eleito este domingo, 17 de outubro, à primeira volta. O político apoiado pelo PAICV conseguiu 51,5% dos votos, o que representa 92.670 eleitores. 

Em segundo lugar ficou Carlos Veiga (42,6% – 76.686 votos), seguido de Casimiro de Pina (1,8% – 3.245 votos), Fernando Rocha (1,4% – 2.503 votos), Hélio Sanches (1,2% – 2.090 votos), Gilson Alves (0,9% – 1.542 votos) e, por fim, Joaquim Monteiro (0,8% – 1.355 votos). 

No entanto, houve uma elevada taxa de abstenção, que ultrapassou os 51%. Mais de metade dos eleitores não se dirigiu às urnas, podendo esta atitude ser vista como um protesto contra a classe política. 

Neves venceu em Santo Antão, São Vicente, Boa Vista, Santiago e Fogo, ilhas com maior peso político no arquipélago. Obteve igualmente vitória na restante África, Europa outros locais da diáspora cabo-verdiana. Já Veiga conquistou Maio, Brava, Sal e São Nicolau. 

O chefe de Estado nomeado, que irá substituir assim Jorge Carlos Fonseca, garantiu no seu discurso que vai ser o Presidente de todos os cabo-verdianos nessa missão, que assumirá com toda a humildade, serenidade e responsabilidade. 

“Trata-se de uma enorme responsabilidade presidir à nação cabo-verdiana nestes tempos. Recebo esta vitória com uma grande humildade, que sempre me caracterizou, e assumo como missão servir Cabo Verde”, declarou. 

“Serei um presidente que irá sugerir, aconselhar, apoiar os outros órgãos de soberania, particularmente o Governo. Um presidente que irá dialogar com todos, desde logo os partidos políticos e sindicatos, as fundações, as universidades e todas as instituições relevantes de Cabo Verde”, prometeu.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Goa: Membro da Assembleia Legislativa junta esforços pelo meio ambiente

Goa: Membro da Assembleia Legislativa junta esforços pelo meio ambiente

Sankalp Amonkar, membro da Assembleia Legislativa de Goa, apelou a nove vereadores da Assembleia para se juntarem a ele na…
Angola considerado país "não livre" pela Freedom House

Angola considerado país "não livre" pela Freedom House

Angola está entre os países considerados “não livre” no respeito pelos direitos políticos e liberdades civis, de acordo com a…
Macau: Quase 26 mil não residentes foram contratados nos últimos 12 meses

Macau: Quase 26 mil não residentes foram contratados nos últimos 12 meses

Os dados divulgados, esta semana, pela Direção dos Serviços para os Assuntos Laborais, indicam que as empresas de Macau contrataram…
FMI prevê que economia de Timor-Leste deverá crescer 3,5% em 2024

FMI prevê que economia de Timor-Leste deverá crescer 3,5% em 2024

O Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê que a economia timorense vá crescer 3,5% neste ano de 2024, de acordo com…