Cabo Verde

Cabo Verde: Líder do PAICV acusa primeiro-ministro de agir como presidente de Câmara

Líder do PAICV, Janira Hopffer Almada, no Parlamento

A líder do PAICV, Janira Hopffer Almada, criticou novamente o primeiro-ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, ao dizer que o próprio é o 23.º presidente de câmara municipal do país, devido à falta de estratégias nacionais.

Foi em entrevista que a dirigente do maior partido da oposição classificou o chefe de Governo como um primeiro-ministro que apenas “inaugura obras municipais”. “O primeiro-ministro deixou de ser presidente da Câmara da Praia [2008 a 2016], mas insiste em continuar a exercer funções como presidente de câmara municipal. Isso é preocupante porque o país tem 22 presidentes de câmara municipais e precisa de um primeiro-ministro. O país está com 23 presidentes de câmara municipais e sem primeiro-ministro”, declarou.

Hopffer Almada voltou a mostrar assim a sua insatisfação com os três anos e quatro meses de Correia e Silva no poder, tendo questionado o paradeiro das grandes obras estruturantes e projetos nacionais prometidos pelo MpD, partido no poder.

“Quando um primeiro-ministro está concentrado nas obras municipais, ele não pode pensar na política para a educação, ele não pode desenvolver a política para a habitação, ele não pode dedicar-se à política para os transportes, ele não pode pensar nas respostas para a saúde”, sublinhou.

“Eu penso que é evidente que este é um Governo de marketing, é um Governo que está mais preocupado em criar a perceção do que em mudar, transformando verdadeiramente a vida dos cabo-verdianos”, acrescentou.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo