Cabo Verde

Cabo Verde: Líder do PAICV diz que este “não é o momento para confrontos políticos”

Janira Hopffer Almada

A presidente do PAICV, Janira Hopffer Almada, defende que este “não é o momento para confrontos políticos”, mas sim para se criar consensos e entendimentos. Segundo a própria, o que está em causa é “muito grande”, é a vida dos cabo-verdianos.

As declarações foram feitas durante a sessão extraordinária da Assembleia Nacional, numa altura em que o país enfrenta o surto da Covid-19, havendo já seis casos confirmados. Nessa sessão foram discutidas a Ratificação da Autorização da Comissão Permanente ao Presidente da República para Declaração do Estado de Emergência e a Aprovação de Propostas de Leis apresentadas pelo Governo.

“Este não é o momento de confronto político, teremos tempo para isso. Este é o momento de construirmos consensos, entendimentos, porque o que está em causa é muito grande, é a vida dos cabo-verdianos”, afirmou.

A dirigente do maior partido da oposição realçou que tanto ela como o primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, assumiram publicamente que a prioridade é salvar vidas enquanto líderes políticos.

“Se a nossa prioridade é salvar vidas, temos de poder construir consensos, temos de conseguir construir a colaboração política. Muitas vezes damos exemplos de outras paragens, devemos também aproveitar estes exemplos para construir esta colaboração política”, expôs.

Por sua vez, Correia e Silva disse que “esta é uma guerra onde todos devem estar sob as mesmas cores”, as da bandeira de Cabo Verde.

“Quanto mais nos focarmos na prevenção, no cumprimento das regras e na disciplina individual, menos casos teremos e mais rápido sairemos para a vida normal. Este não é o momento para o combate político”, concluiu.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo