Cabo Verde: Membro do Estado defende união entre países contra crimes financeiros

A secretária de Estado do Fomento Empresarial de Cabo Verde, Adalgiza Vaz, sugeriu que as autoridades financeiras de diferentes países trabalhem em conjunto para interceptar crimes financeiros, feitos através de meios cada vez mais sofisticados.

“Apelamos ao Fórum das Administrações Fiscais da África Ocidental (WATAF, sigla inglesa) a zelar pela procura de novas ferramentas para melhor compreender o crime financeiro cada vez mais sofisticado”, defendeu, citada pelo “Expresso das Ilhas”.

As declarações foram feitas na abertura da 19.ª Assembleia Geral do WATAF e 5.º Diálogo Político de Alto Nível da referida organização, cujo evento teve lugar na Praia, capital cabo-verdiana.

Adalgisa Vaz frisou que deve ser privilegiada “uma resposta coordenada à questão dos fluxos financeiros ilícitos e da evasão fiscal”. A seu ver, esta resposta dos membros do WATAF deve estar baseada “num pacto para a transparência, em colaboração com o poder local, os governos centrais, parlamento, actores da sociedade civil, ONGs, instituições financeiras nacionais e internacionais e parceiros de desenvolvimento”.

Cabo Verde é membro do WATAF desde 2015, e tem vindo a beneficiar de várias formações técnicas sobre inspeção tributária, preços de transferência, avaliação de riscos, relações fiscais internacionais, entre outras matérias. O WATAF é um órgão fiscal internacional fundado em 2011, em Abuja, na Nigéria, e reúne os 15 Estados-membros da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO).

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Sudão do Sul: Situação humanitária muito grave perpetua-se no país

Sudão do Sul: Situação humanitária muito grave perpetua-se no país

A guerra no Sudão, que começou em Abril do ano passado, tem arrastado este país para uma situação gravíssima do…
Moçambique: Assembleia Provincial de Niassa disponibiliza 3,5 toneladas para deslocados de Namapa em Cabo Delgado

Moçambique: Assembleia Provincial de Niassa disponibiliza 3,5 toneladas para deslocados de Namapa em Cabo Delgado

Resultante de contribuição voluntária de membros da Assembleia Provincial, 3,5 toneladas de produtos de primeira necessidade incluindo arroz e milho,…
Estudo indica que técnicas de Machine Learning permitem a diminuição de falsas previsões de crises de epilepsia

Estudo indica que técnicas de Machine Learning permitem a diminuição de falsas previsões de crises de epilepsia

Um estudo liderado pelo Departamento de Engenharia Informática (DEI) da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC)…
Tanzânia quer apostar no ensino profissional para reduzir desemprego e aumentar o crescimento económico

Tanzânia quer apostar no ensino profissional para reduzir desemprego e aumentar o crescimento económico

Com objectivo de diminuir lacunas de habilidades e promover o crescimento económico, a Tanzânia pretende construir, nos próximos anos e…