Cabo Verde: Ministro das Finanças elogia transparência na gestão do país

Ministro das Finanças de Cabo Verde, Olavo Correia

O vice-primeiro-ministro e ministro das Finanças de Cabo Verde, Olavo Correia, afirmou que em toda a história do arquipélago nunca houve tanta transparência na gestão das Finanças Públicas e nas Contas do Estado.

As declarações foram feitas pelo também vice-primeiro-ministro através da página pessoal do Facebook, tendo esta sido uma reação à conferência de imprensa realizada recentemente pelo PAICV. O maior partido da oposição no país disse que Cabo Verde estava a atravessar “um dos piores momentos” da sua história em transparência e prestação de contas por culpa do Governo. 

Como tal, Olavo Correia garantiu que o atual Governo “não tem contas em atraso” e que o mesmo “tem cumprido” com as suas obrigações nos prazos legalmente instituídos. O exemplo dado foi o portal do Ministério das Finança, bem como os ofícios remetidos à Assembleia Nacional, onde constam os dados em questão. 

“As Contas do Estado relativas aos anos 2016, 2017 e 2018, bem como as Contas Provisórias de 2019, foram entregues à Assembleia Nacional, cumprindo os prazos legais. As Contas definitivas de 2019 serão entregues antes de 31 de dezembro do corrente ano, prazo limite fixado por lei”partilhou ainda. 

Além das contas trimestrais e anuais legalmente instituídas, prosseguiu, as contas mensais foram publicadas com regularidade no portal do Ministério das Finanças.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *




Artigos relacionados

Brasil: A Fundação AIS está solidária com as vítimas das trágicas inundações

Brasil: A Fundação AIS está solidária com as vítimas das trágicas inundações

A organização internacional católica Ajuda à Igreja que Sofre (Fundação AIS) está em estreito contacto com os seus parceiros locais…
Macau: Cidades do interior da China emitem vistos para Região

Macau: Cidades do interior da China emitem vistos para Região

A partir desta semana, mais oito cidades do interior da China passam a emitir vistos individuais para Macau e Hong…
Portugal deveria reconhecer “ter abusivamente alienado o território de Cabinda”

Portugal deveria reconhecer “ter abusivamente alienado o território de Cabinda”

Dois dias antes da comemoração dos 50 anos da Revolução do 25 de Abril, o Presidente português, Marcelo Rebelo de…
Universidade de Coimbra avalia impacto ambiental do ciclo de vida de diferentes tecnologias de motores elétricos

Universidade de Coimbra avalia impacto ambiental do ciclo de vida de diferentes tecnologias de motores elétricos

Um grupo de investigadores da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) está a avaliar o impacto…