Cabo Verde: MpD acusa edil da CMP de “ataques gratuitos”

Os vereadores do Movimento para a Democracia (MpD) na Câmara Municipal da Praia (CMP) acusam o edil Francisco Carvalho de “ataques gratuitos” em comunicados publicados na página oficial da autarquia, onde dizem que o dirigente culpa-os por não estar a governar.

“Quatro vereadores do MpD [oposição camarária] não podem em lógica matemática, nenhuma, bloquear uma câmara que é governada por cinco vereadores do PAICV”, afirmou a porta-voz do grupo, Ednalva Cardoso, numa conferência de imprensa realizada nesta terça-feira, 02 de agosto.

Os vereadores do MpD resolveram trazer à “praça pública” a questão dos bombeiros municipais, ao falar sobre a última reunião, realizada depois de 60 dias sem se reunir a câmara por o presidente ter estado, alegadamente, a resolver os seus interesses pessoais.

Um dos pontos agendados foi a aprovação da proposta que regulariza a progressão e promoção dos agentes de bombeiros da Praia de 2010 a 2018. “Antes de mais nada, sem qualquer enquadramento, a primeira pergunta de Francisco Carvalho foi: Quem vota contra? (…) Cinco dos quatro vereadores presentes solicitaram informações antes da aprovação … já que no orçamento da câmara a nível de progressões foi orçado zero escudo”, esclareceu Ednalva Cardoso.

A representante do MpD disse que Francisco Carvalho tem de parar de “mentir descaradamente” à população da Praia e aos bombeiros.

Deixe uma resposta




Artigos relacionados

Cabo Verde: Orlando Dias apresenta Nova Carta Política para unir o MpD e a Nação

Cabo Verde: Orlando Dias apresenta Nova Carta Política para unir o MpD e a Nação

O candidato à presidência do MpD, Orlando Dias, iniciou 2023 com a apresentação de uma Nova Carta Política para unir…
Angola: UNITA promete mudanças na Lunda Norte

Angola: UNITA promete mudanças na Lunda Norte

O novo secretário provincial da UNITA na Lunda Norte, Francisco Cacoma, prometeu na terça-feira, 03 de janeiro, que vai adotar…
Moçambique: Presidente de Quelimane promete pagar 13º mês de 2022

Moçambique: Presidente de Quelimane promete pagar 13º mês de 2022

O Presidente do Município da Cidade de Quelimane, na Província da Zambézia, Manuel de Araújo, prometeu, na tarde de 4…
Timor-Leste: PIB não-petrolífero subiu 3,9% em 2022

Timor-Leste: PIB não-petrolífero subiu 3,9% em 2022

O Produto Interno Bruto (PIB) não-petrolífero de Timor-Leste cresceu 3,9% em 2022, de acordo com os dados provisórios do Ministério das Finanças. …