Cabo Verde: MpD considera acusações do PAICV “falsas e maldosas”

O MpD considera “falsas e maldosas” as acusações feitas pelo PAICV acerca de o Governo, apoiado pelo MpD, estar a usar o Cadastro Social Único (CSU) para fins eleitorais.

As declarações foram feitas por Lúcia Passos, membro da Direção Nacional do MpD, que disse ainda que o PAICV quer transformar um “instrumento eficiente” em “arma de arremesso”. Assim, continuou, foi com “perplexidade” que a formação política no poder tomou conhecimento do conteúdo da conferência de imprensa da maior organização política da oposição em Cabo Verde.

Passos declarou que o PAICV demonstrou, mais uma vez, a sua “falta de solidariedade para com a população”, ao não aceitar “o sucesso das medidas sociais” em curso com “grande impacto” nas famílias.

Também de acordo com a mesma fonte, em 2018, “o tal ano que o PAICV alega que o programa estava engavetado”, foi finalizado o sistema informatizado, foi elaborado o Manual de Cadastro Social Único e foram capacitados um total de 190 formandos. Já em 2019, começou a atribuição do Rendimento Social de Inclusão, através dos dados do CSU.

Até novembro de 2019, acrescentou, havia na base do programa um total de 40.045 agregados familiares registados e 158.857 indivíduos. Entretanto, até agosto de 2021, registou-se um total de 76.795 agregados familiares, correspondendo a 296.002 membros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

Angola: Governo aprova mais de 15 mil milhões de kwanzas para Agricultura e Pescas

O ministro da Agricultura e Pescas de Angola, António Francisco de Assis, informou que foram aprovados mais de 15 mil…
MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin