Cabo Verde: MpD critica gastos do Governo

O deputado eleito pelo MpD no círculo eleitoral África, Orlando Dias, mostrou ser contra os gastos do Governo cabo-verdiano, dirigido atualmente pelo líder do MpD, Ulisses Correia e Silva.

As críticas foram feitas através de uma publicação colocada na página de Orlando Dias na rede social Facebook. “Com 114 mil pessoas a viver na extrema pobreza, Cabo Verde tem cerca de 1300 viaturas do Estado e gasta 400 milhões de escudos em combustível para as referidas viaturas, anualmente”, escreveu.

O político defendeu a necessidade de reduzir os referidos gastos para metade e ainda diminuir a pobreza e a desigualdade social em Cabo Verde.

Na rede social têm sido visíveis as críticas de outros membros do MpD a estas observações de Dias, considerando alguns que “roupa suja se lava em casa”. Há também membros que aplaudiram as observações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

Presidente da Rússia pede a Exército ucraniano para tomar o poder

O Presidente russo, Vladimir Putin, apelou ao Exército ucraniano para que retirasse o apoio ao Governo ucraniano, o que significa…
Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

Ucrânia confirma ataques da Rússia a creches e orfanatos

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, confirmou os relatos de ataques e bombardeamentos a creches e orfanatos…
Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

Rússia prende mais de 1.800 manifestantes que são contra a guerra

As autoridades russas detiveram mais de 1.800 manifestantes que se opuseram à invasão à Ucrânia.  “Nós estamos preocupados com as…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin