Cabo Verde

Cabo Verde: MpD satisfeito com crescimento do país “acima dos seis por cento”

Parlamento de Cabo Verde

O grupo parlamentar do MpD congratulou-se nesta quarta-feira, 09 de outubro, com o facto de o ano político ter começado com “excelentes notícias”, uma vez que “o país cresceu nos últimos dois primeiros trimestres acima dos seis por cento”. O porta-voz, João Gomes, considerou a notícia como “boa para todos os cabo-verdianos” e que esta evolução resultou do “maior contributo” das despesas do consumo privado e das exportações.

“Os adversários políticos do Governo e do MpD não terão gostado muito desta notícia e apressaram-se a tentar desvalorizá-la a todo o custo”, disse o vice-presidente do grupo parlamentar do partido na declaração política que marcou o início dos trabalhos do ano parlamentar.

A mesma fonte aproveitou a ocasião para acusar os deputados do PAICV de colocarem em causa o trabalho de “instituições nacionais idóneas”, neste caso o Instituto Nacional de Estatística (INE), mas reiterou que “o povo está habituado”.

O MpD considera que o país está num “bom momento”, com a economia a crescer de “forma sustentável”, ou seja, “cerca de seis vezes do que crescia no período 2012/2015”. Segundo João Gomes, as perspetivas do crescimento da economia nacional são “francamente boas” e esta vai ultrapassar os 6%.

“Três anos consecutivos de seca e maus anos agrícolas, que geraram situações de dificuldades acrescidas à nossa população, especialmente a nossa gente que vive e labuta no campo não impediram o Governo de fazer crescer a economia nacional a valores consideráveis que outros em anos de chuvas abundantes não aproximaram sequer”, disse.

Por sua vez, o PAICV e a UCID, partidos da oposição, contestaram os números avançados pelo MpD e pelo Governo, alegando que os mesmos “não se refletem na melhoria das condições de vida” dos cabo-verdianos.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo