Cabo Verde: MpD vai viabilizar e participar na CPI sobre TACV

O presidente do grupo parlamentar do MpD, João Gomes, assegurou nesta quarta-feira, 22 de setembro, que o seu partido vai viabilizar e participar na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) proposta pelo PAICV. O objetivo da CPI é esclarecer os pormenores do processo de privatização da empresa Transportes Aéreos de Cabo Verde (TACV). 

“O grupo parlamentar do MpD anuncia que não vai criar obstáculo algum à criação da anunciada CPI, por um lado, por se tratar de um direito que assiste ao grupo parlamentar do PAICV e, por outro, porque os deputados do MpD e os cabo-verdianos acreditam e confiam no Governo e sabem que agiu em defesa dos direitos de Cabo Verde dos cabo-verdianos”, declarou. 

O partido no poder convocou a imprensa para reagir assim ao anúncio do PAICV sobre querer solicitar a criação de uma CPI. Isto surgiu depois de a maior formação política da oposição em Cabo Verde ter recebido o contrato pedido por via de requerimento parlamentar. 

Assim, a CPI servirá para esclarecer e provar os termos essenciais do acordo entre o Estado cabo-verdiano e a companhia aérea islandesa Loftleidir, principalmente na parte em que acordaram a redução das dívidas. 

“As partes acordaram na redução das dívidas da TACV para com as empresas do Estado e as empresas associadas ao grupo Icelandair para permitir que a empresa pudesse ter algum desafogo financeiro”, esclareceu João Gomes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin