Cabo Verde: Neves encontra-se com Presidente da CEDEAO

O político José Maria Neves, eleito Presidente da República de Cabo Verde a 17 de outubro, vai visitar o Gana para reunir-se com chefe de Estado desse país e atual Presidente da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), Nana Akufo-Addo. De acordo com o jornal “A Semana”, trata-se da primeira visita oficial a um país estrangeiro enquanto Presidente nomeado. 

A deslocação realiza-se antes da tomada de posse de Neves, prevista para 09 de novembro. O dirigente vai e volta no mesmo dia, estando a viagem marcada para esta quinta-feira, 28 de outubro. 

Será em Accra, capital da República do Gana, que o Presidente e o representante da CEDEAO irão ter o encontro oficial. De acordo com um comunicado divulgado, José Maria Neves menciona a importância estratégica que sempre atribuiu à inserção competitiva de Cabo Verde na referida comunidade. 

Neves compromete-se a contribuir para o aprofundamento das relações de amizade e cooperação com os países que compõem a CEDEAO, assim que tomar posse do cargo de Presidente da República. No entanto, realça na nota, terá sempre em conta as especificidades de Cabo Verde, enquanto pequeno Estado insular, no contexto regional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin