Cabo Verde: Orlando Dias pondera concorrer à liderança do MpD

O político Orlando Dias informou que pondera concorrer à presidência do MpD, de acordo com “A Nação”. Neste âmbito, defendeu que a convenção extraordinária do partido no poder em Cabo Verde, a ser convocada para o primeiro trimestre de 2022, deve ser eletiva. 

“Caso não apareça ninguém com coragem, pondero avançar como uma candidatura”, garantiu, partilhando que pode contar com o apoio de uma “sensibilidade” interna, sendo esta cerca de metade dos 38 assentos da bancada do MpD. 

No entanto, Orlando Dias afirmou que não considera ser o momento ideal para a realização do conclave, uma vez que a convenção ordinária está prevista para 2023. “O ideal seria esperar pela convenção ordinária em 2023, que se realizaria com um ano de diferença em relação à eventual convenção extraordinária”, explicou, uma vez que haveria mais tempo para uma melhor preparação das candidaturas. 

Ainda assim, prosseguiu o também médico, se tal acontecer será obrigado avançar como uma candidatura, para evitar que os militantes da sua sensibilidade sejam “expurgados” dos órgãos do partido. 

Dias deixou críticas ao atual presidente do MpD, Ulisses Correia e Silva. Uma delas foi a de que “o presidente do partido não leva propostas, mas sim informa a Comissão Política das suas escolhas. Anteriormente os nomes eram validados na Comissão Política”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

MPLA, FRELIMO, ANC e SWAPO querem formação contínua dos militantes

Militantes e delegados dos partidos MPLA (Angola), FRELIMO (Moçambique), ANC (África do Sul) e SWAPO (Namíbia) terminam neste sábado, 26…
Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

Moçambique: Autarquias locais mantêm dependência do OE

O presidente da Comissão de Administração Pública e Poder Local da Assembleia da República de Moçambique, Francisco Mucanheia, chefiou um…
Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

Timor-Leste: Construção do Porto de Tíbar alcançou os 72% em 2021

O Ministério das Finanças de Timor-Leste informou, através de um documento, que a construção do Porto de Tíbar chegou a 72%…
Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Moçambique: Paralisação de fábricas de processamento de castanha de cajú empurra mais de 17 mil pessoas para o desemprego em Nampula

Na província moçambicana de Nampula, 17.182 trabalhadores foram empurrados para o desemprego nos dois últimos anos na sequência da paralisação…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin