Cabo Verde

Cabo Verde: PAICV acusa Governo de descuidar economia marítima

Líder do grupo parlamentar do PAICV, Rui Semedo
Rui Semedo

O PAICV afirmou que o Governo cabo-verdiano não cumpriu com as promessas de campanha para o setor da economia marítima. 

A acusação foi feita pelo líder parlamentar do maior partido da oposição nesta terça-feira, 05 de janeiro, durante a conferência de imprensa relacionada com o balanço das jornadas parlamentares. 

Segundo o dirigentenão houve reformas substanciais no domínio marítimo nem medidas com impacto direto na vida das pessoas. 

“Não foram construídos novos portos, mais nenhum porto. Não foram feitas reformas de gestão dos portos, não foram tomadas medidas com impacto na vida dos profissionais do mar, os pescadores, os armadores, e também as peixeiras. E ainda não há medidas no sentido de modernização mesmo da gestão dos portos, o que significa que as medidas propostas no programa do Governo ficaram por ser realizadas”, criticou. 

O setor dos transportes marítimos foi igualmente criticado, tendo Semedo referido que permanecem os sérios problemas que dificultam a circulação das pessoas entre as ilhas. 

MpD rejeita críticas de desempenho no setor marítimo 

De acordo com a líder parlamentar dMpD, Joana Rosa, a grande bandeira da formação política no poder foi a ligação marítima entre as ilhas. 

As declarações foram igualmente feitas na conferência de imprensa sobre o balanço das jornadas parlamentares. A dirigente frisou que o Governo soube conduzir o processo com investidores externos. 

“E já é um projeto de sucesso, de certa forma abalado com a Covid, porque com o encerramento das atividades nas ilhas também com o confinamento a empresa reduziu as viagens que vinha fazendo de ligação do mercado inter-ilhas. Mas está a retomar aos poucos e temos que dizer que os cabo-verdianos estão hoje mais satisfeitos com a ligação entre ilhas”, concluiu. 

Joana Rosa destacou também algumas obras do Governo, como a reabilitação do porto da ilha do Maio“Temos que realçar também grandes obras como o terminal de cruzeiros de São Vicente, além de estar em curso “o porto do Maio. 

A primeira sessão parlamentar d2021 começou nesta quarta-feira, 06 de janeiro, na Assembleia Nacional.

© e-Global Notícias em Português
Comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Topo