Cabo Verde: PAICV acusa Governo de “desonestidade sem limites”

O PAICV classificou de “desonestidade sem limites” o facto de o Governo cabo-verdiano ter justificado a sua “propaganda fora do período eleitoral” com o facto de que o anterior Executivo, apoiado pelo PAICV, também o tinha feito.

Para o líder do Grupo Parlamentar do maior partido da oposição, Rui Semedo, a justificação usada pelo Governo para “reagir às críticas” demonstra que o mesmo “não sabe comunicar” e que usa uma desculpa que, para além de ser “esfarrapada, fere o estado de sanidade mental das pessoas”.

A posição do dirigente foi feita em declaração política. “Dizer que se faz assim porque os outros fizeram é de uma desonestidade sem limites”, salientou, tendo acrescentado que a formação política que representa nunca usou as “fragilidades das pessoas” de forma “tão vil, descarada e tão despudorada”.

Na perspetiva dos eleitos do PAICV, o conteúdo do “produto propagandista” do Governo contempla as áreas em que os resultados são “mais débeis ou praticamente inexistentes”.

Por sua vez, o vice-presidente da bancada do MpD, Miguel Monteiro, disse que os parlamentares do PAICV fizeram tal declaração política porque lhes correu mal o debate de quarta-feira, 29 de maio, com o primeiro-ministro, cujo tema era o crescimento económico de Cabo Verde nos últimos três anos.

Já o líder da UCID, António Monteiro, mencionou ser “estranha a forma” como o Governo do MpD está a fazer a publicidade e lembrou que, no passado, o seu partido também estranhou a forma como o Executivo liderado pelo PAICV fazia a publicidade das suas realizações.

“A melhor de publicidade que se possa fazer é fazer as coisas acontecerem para que as pessoas sintam que nas suas vidas há mudança pela positiva, porque o Governo que elegeu está a trabalhar nesse sentido”, indicou , ajuntando que quando “não existem resultados palpáveis” recorre-se a “subterfúgios para fazer passar a imagem de que se está a fazer muita coisa”.

One Comment

  1. Manolo

    Interesante

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.




Artigos relacionados

Reino Unido continua a fornecer mísseis antitanque à Ucrânia

Reino Unido continua a fornecer mísseis antitanque à Ucrânia

O Governo do Reino Unido confirmou nesta quarta-feira, 09 de março, que irá continuar a fornecer mísseis antitanque à Ucrânia. Trata-se…
BRASIL: Brasileiros deixam a Ucrânia enquanto o país discute situação agroalimentar

BRASIL: Brasileiros deixam a Ucrânia enquanto o país discute situação agroalimentar

O governo brasileiro informou que a Embaixada do Brasil em Kiev “permanece aberta e dedicada, com prioridade, desde o agravamento…
Guiné-Bissau: Ninguém sabe qual dos 8 vice-presidentes pode substituir o presidente do PRS

Guiné-Bissau: Ninguém sabe qual dos 8 vice-presidentes pode substituir o presidente do PRS

A directiva assinada pelo presidente do Partido da Renovação Social (PRS), Alberto Nambeia, de 17 de Janeiro, mas conhecida só…
Moçambique: Ataques Macabros em Macomia

Moçambique: Ataques Macabros em Macomia

Terroristas atacaram numa emboscada no Domingo passado 06 de Março um grupo de milicianos denominado por força local da aldeia…
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin